segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

Futuro sombrio para a Liga da Justiça

014
Muitos se perguntam como é que a Warner, um dos maiores estúdios de cinema do mundo, dona da DC, a editora que tem os persoangens de HQ mais populares do mundo, não conseguem fazer seu universo cinematográfico de heróis decolar, e a resposta pode ser mais simples do que aparenta…


… e  ela veio com um relato de um dono de uma das maiores e mais famosas comic shops dos EUA, ele conversou com Rich johnson, do Bleeding Cool e falou o seguinte:
-
Semana passada recebi uma visita interessante na minha loja, eram pessoas do marketing da DC, mas estavam “disfarçados” de fãs de HQs, um deles usava uma camiseta do Batman recém tirada da caixa, ainda com as marcas das dobras…
-
Eles entraram na minha loja e se misturaram aos compradores, e começaram a fazer perguntas discretamente no início, mas depois deixaram a estratégia de lado e passaram a fazer uma descarada pesquisa de mercado entre os meus clientes.
-
Dava pra ver que não entendiam nada de quadrinhos, e perguntavam coisas genéricas como: “O que vocês acham do Aquaman, ele é realmente ridículo?”, ou “Os filmes de heróis tiveram boas campanhas no Facebook”? depois passaram a perguntar coisas mais específicas, como: “Vocês acham que os fãs receberiam bem um filme de herói sem a presença de Christopher Nolan?” e “Qual a melhor formação da Liga da Justiça pra um filme?” além de “Como vocês acham que a DC deveria fazer pra realizar um bom filme de heróis?“.
-
No meio da conversa eles soltaram algumas informações, como o fato de um filme da Liga estrear em 2014… Eles também tiraram sarro do filme do Homem-Formiga, e se demonstraram meio tristes e desconcertados quando lhes responderam que “A DC deveria fazer, nos cinemas, exatamente o que a Marvel está fazendo!”
-
No meio do papo um deles perguntou se os filmes catapultavam muito a venda de HQs, mas lhes respondi que não muito, mas que acontecia com mais intensidade com os personagens menos conhecidos… E um deles completou “Ah sim, como Jonah Hex…” com uma animação que deixava transparecer que eles sequer faziam ideia de que filmes como Hex e o Lanterna Verde não foram bem vistos pelos fãs.
-
Antes de irem embora um deles pediu a opinião de todos sobre “O que vocês achariam de um FILME DA LIGA DA JUSTIÇA com o nome de FRANK MILLER envolvido?” e também pediram pra que eu ventilasse a informação para outros compradores, pra saberem qual a opinião geral dos fãs sobre isso…
-
super-seven1
-
Isso resume bem o tipo de caras que a Warner coloca no comando do seu universo cinematográfico de heróis… Gente que não sabe NADA sobre o assunto, e sequer tem noção do resultado final dos filmes que já foram feitos.
Pelo menos estão colhendo a resposta dos fãs a respeito do que deveriam fazer, mas do que adianta isso se os caras não fazem ideia do que estão fazendo? E outra, tá certo que Frank Miller já foi um grande nome e significado de diferencial pras HQs que produzia, mas já tem um tempo que o cabra não representa mais isso…
-
Além do mais, colocar o nome do Miller junto da palavra Cinema não é algo que possamos chamar de boa notícia (vide The Spirit).
-
A Warner possui uma mina de ouro nas mãos, é dona de TODOS os direitos da DC, passando por seus personagens, pelos jogos e até trilhas sonoras (como a fantástica música do super-homem).E mesmo assim, ela não consegue se articular, para fazer um universo nos cinemas potencialmente melhor do que a marvel fez .É bom lembrar que os direitos dos personagens da marvel são diluídos em vários studios, com heróis que não eram tão conhecidos… tipo, qual é a importância de um Homem de Ferro comparado ao Superman na consciência popular? nenhuma. Pelo menos não antes de fazerem o filme dele. Os problemas da Warner são apenas dois: As pessoas que fazem os filmes de super heróis, são os mesmos que fazem de Harry Potter Pernalonga. Colocassem alguém que entende do assunto para trabalhar com os filmes, era só entregar o filme para os mesmos responsáveis da divisão de animação da Warner que tudo sairia nos conformes. O último grande trabalho deles, comparado até com que a Marvel fez na película, foi Young Justice. Conseguiram tirar todos os side-kicks do obscurantismo recente no campo da animação com um talento só comparável a Mark Wolfman e George Pérez com os Teen Titans nos anos 80. E o imediatismo, viram o sucesso de Vingadores e agora querem competir a qualquer custo.
-
A postura que a Warner está tendo em relação ao Superman: Man of Steel, colocando profissionais de alto nível (Snyder, Nolan, Zimmer) e que entendem do assunto, é o oposto de querer lançar um filme da Liga de maneira tão abrupta, apenas para fazer frente a Vingadores 2.
-
Abre o olho, Warner Bros.
-
Fonte: Actions&Comics
Postar um comentário